Texto: Amanda Tavares

Você sabia que o Salmão é uma das poucas espécies de peixe que quando chegam a idade adulta (período de reprodução) migram do mar para o rio? Nesse processo eles precisam nadar contra a correnteza dos fortes e frios rios canadenses e se jogar muitas vezes para fora da água afim de subir as cachoeiras e chegar à nascente e procriar, cumprindo assim a proposito da vida deles. O maior perigo entretanto está nos ursos que, sabendo dessa “decisão” dos salmões, se posicionam estrategicamente para pesca-los com as garras e fazer deles alimento.

Observe por uns segundos a imagem acima. Você já se sentiu nadando contra a maré? Ou já sentiu que mais cedo ou mais tarde você vai ter que enfrentar as correntezas? Talvez role aí uma identificação com esse peixinho corajoso.

Chega um momento na vida que temos que sair do ponto onde estamos para crescer. Sair do mar de pecado, medo e insegurança e enfrentar a dificuldade que for para viver num Rio de Águas Vivas (João 7:38).

Ninguém disse que seria fácil. Temos que lutar contra uma correnteza de idéias, vontades, pessoas, valores culturais e sociais e, além disso, na caminhada corremos o risco de cair nas garras do inimigo das nossas almas… Calma, eu não quero te desanimar. Pelo contrário, quero te dizer que vale a pena. Quero te dizer que quando Jesus entra na nossa vida as coisas não podem mais ficar como estão e só cabe a nós decidirmos que tipo de dificuldade vamos viver. Você pode viver parado onde e como está ou se aventurar Rio Acima.

Subir o Rio exige esforço mas você encontra recompensas, não se pode desistir mas tem um sentido, tem uma finalidade. Ficar no mar é dolorido, cansativo e não leva a lugar nenhum e nada nunca vai mudar.

O salmão só pode subir o rio por o que o corpo dele tem a musculatura, nadadeiras e força para conseguir. Saiba que você também, por causa de Cristo, já tem tudo o que é preciso para conseguir enfrentar as correntezas do preconceito contra o evangelho, do medo de testemunhar de Cristo, da apatia no lugar do amor, da dificuldade de romper com um vício, do comodismo e da frieza espiritual ou das feridas do passado.

Pare de ler por uns minutos e pense nisso? Você sabe que já tem tudo o que precisa pra ir adiante não é?

Te convido a viver uma metanoia completa:

Metanoia (do grego antigo μετανοεῖν, translit. metanoein: μετά, metá, ‘além’, ‘depois’; νοῦς, nous, ‘pensamento’, ‘intelecto’), no seu sentido original, significa mudar o próprio pensamento, mudar de ideia. Seria a mudança do que um indivíduo está vivenciando para um novo modo de viver.

O novo modo de viver subindo Rio Acima, é viver uma vida com sentido. Você tem acesso à palavra de Deus, acesso para conversar e ouvir o próprio Deus falando contigo. Chega de ficar parado no mar! Peça nesse momento para o Senhor te mostrar o que ainda te impede de subir e enfrentar a correnteza e creia que Ele vai te responder, te ajudar e te fazer chegar à nascente sem medo.

*

Canção para refletir: Lex Skate Rock – Metanoia
“Para uma maneira de enxergar a realidade
Transformação que te traz a liberdade
Retirando os entulhos e abrindo espaço pra que o novo aconteça então é isso que eu faço
Antes que seja tarde, todo esforço é pouco pra viver é uma arte nesse mundo louco
Onde falam em mudança mas não é isso que se vê
Observe a sua volta e você vai entender o porquê
Que são poucas pessoas que realmente resolvem mudar
Experimentar na pele o que é metanóia, metanóia

Mudança verdadeira não é só falar
Se convertem em atitudes do coração, da mente e da alma”